5 atitudes simples e eficazes para ajudar o próximo

A correria do dia-a-dia, a falta de oportunidade, a timidez e por aí vai… Poderíamos listar uma série de justificativas que impedem de ajudar pessoas que passam por inúmeros desafios e cruzam o nosso caminho.

Mas, na maioria das vezes, o ato altruísta pode estar mais ao nosso alcance do que imaginamos. Leia-se altruísmo segundo a referência trazida pelo filósofo francês Augusto Comte, o primeiro a conceituar o termo como um conjunto de ações individuais (ou também coletivas) que levam os seres humanos a se dedicarem para ajudar o próximo.

Para tornar palpável aquilo que Comte conceitou no século 19 (e que, vamos combinar, muitas pessoas já o fazem antes mesmo antes de ele teorizar), compartilhamos nesse post 5 atitudes simples, mas altamente eficazes de fazer a diferença na vida das pessoas que estão à nossa volta. Aí vão as sugestões:

#1 Olhe mais atentamente ao seu redor: quando estiver andando na rua é natural encontrar pessoas que estão passando por dificuldade. Seja a compra que caiu das mãos de uma pessoa, a dificuldade de alguém em ler o letreiro do ônibus ou um turista perdido, buscando informações da sua cidade.

#2 Sorria e cumprimente as pessoas do seu convívio: não se trata de somente saudar o seu vizinho de porta ou quem trabalha do lado da sua mesa. Sorria e cumprimente o segurança, a pessoa que trabalha na limpeza, o cobrador de ônibus… Enfim, toda pessoa que cruza o seu caminho merece receber um sorriso sincero e uma saudação!

#3 Ofereça seu lugar noônibus / metrô: é bem comum na hora de rush ter ônibus, metrô, trem ou mesmo a van lotados, não é mesmo? Fique atento pois podem ter pessoas de mais idade, mulheres grávida ou até quem não esteja passando bem ou segurando muito peso. Se o seu trajeto for feito de carro, dê preferência ao ciclista, ao pedestre, respeite a sinalização.

#4 Seja um bom ouvinte: muitas vezes, a ajuda pode vir de uma boa conversa, na qual você esteja bem disposto a ouvir os desafios que a pessoa ao seu lado está passando. Observe quem está à sua volta e, ao notar um semblante cansado, triste ou desanimado, pergunte se a pessoa está bem e precisando de ajuda.

#5 Garanta um futuro melhor para uma criança: há vários projetos disponíveis em que é possível efetuar uma doação mensal que ajudará a financiar projetos de impacto na comunidade que ela reside. O mais extraordinário está no acompanhamento da contribuição feita: por meio de fotos e cartas, você pode observar como está sendo empregada sua doação. Essa atitude é conhecida como apadrinhamento financeiro que é diferente do apadrinhamento afetivo.

O que você faz?

Conte para a gente nos comentários 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.