Solidariedade na porta da faculdade

Diariamente na porta da PUC-RJ, Haroldo Soares de 64 anos, o Seu Haroldo como é carinhosamente conhecido, vende bolos para ajudar sua família.

A ideia de vender os bolos partiu do filho que estuda na universidade. O aposentado, que ganha menos de um salário mínimo, só volta para casa depois de vender o último pote de bolo feito pela esposa, a Dona Shirley Soares – os 45 bolos acabam em menos de uma hora.

O carisma, sorriso e o grito de “bolo, “bolo”, “bolo” de Haroldo chamaram a atenção dos estudantes, que decidiram compartilhar sua história nas redes sociais. Além dos elogios à pessoa e aos bolos vendidos pelo aposentado, surgiu uma preocupação: suas vendas cairiam bastante durante o recesso da universidade. Um dos estudantes, então, sugeriu que todos doassem uma quantia de dinheiro para ajudá-lo durante o recesso.

Os estudantes combinaram que não receberiam mais troco na compra dos bolos. Muitos também fizeram doações espontâneas perfazendo um total de dez mil reais.

Ele não cabia de felicidade, ressaltou o esforço do filho em estudar, do quanto precisa ajudar a filha, da mulher que não está bem de saúde e todas as dividas que pretende quitar com esse dinheiro. Fui embora com o Haroldo, e ele voltou cumprimentando cada pessoa que passava por ele e, claro, cada barraquinha”, escreveu o estudante de Comunicação Social Wesley Andrade, de 23 anos, na sua página no Facebook. Até a hora em que este post foi escrito, a publicação tinha 120 mil reações e mais de 20 mil compartilhamentos.

Segue abaixo o video da entrega do valor. A emoção dominou Seu Haroldo. O Amor ao próximo se fez presente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.