O amor ultrapassa barreiras e preconceitos

Muçulmano sente-se honrado por cuidar da chave do Santo Sepulcro em Jerusalém.

Em Jerusalém, tão logo o sol se esconde no horizonte , Adeeb Joudeh, muçulmano, abre caminho através das vielas de pedra da cidade velha murada portando a antiga chave de um dos maiores santuários do Cristianismo.

Séculos atrás, a imponente chave de aço da igreja do Santo Sepulcro, erguida no local onde muitos cristãos acreditam que Jesus foi crucificado e enterrado, foi confiada a sua família, um dos clãs mais proeminentes de Jerusalém, conta Joudeh.

Ele situa o arranjo nos tempos de Saladin, o conquistador muçulmano que tomou a cidade sagrada dos cruzados em 1187.

“Honestamente, é uma grande honra para mim um muçulmano, cuidar da chave da igreja do Santo Sepulcro que é e igreja mais importante da cristandade”, disse Joudeh de 53 anos.

O trabalho exige mãos fortes pois a chave tem 30 centimetros de comprimento e pesa 250 gramas, Uma outra familia da cidade, uma das mais antigas também, a dos Nusselbeh, foi encarregada de abrir e fechar as portas da igreja sendo uma tarefa que realiza até os dias de hoje.

A documentação existente é datada do século XVI e Jouded exibe com orgulho dezenas de “Fermans” ou decretos reais de regentes do imperio Otomano que atribuem a guarda da chave a sua família.

Hoje a cidade velha de Jersalém abriga locais que são sagrados para as três maiores religiões monoteístas. Junto com áreas do leste de Jertusalém foram capturadas por Isarel na guerra dos seis dias de 1967.

#oamoreassim

Fonte: Canal Islam Brasil https://m.facebook.com/story.php? story_fbid=2584528568286341&id=615586325180585 )

Especial agradecimento ao amigo CARLOS MENEZES (Kadu) que com muito carinho contribuiu com essa matéria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.