Amai-vos uns aos outros

Jesus nos deixou como legado a importância do amor ao próximo. E , mais de 2000 anos depois, ainda estamos aprendendo a amar.

Em Realengo, no Rio de Janeiro, um lar de idosos traz no nome este ensinamento do Cristo. Ali, entre a alegria e a indiferença, vivem cerca de 60 idosos. A maioria não tem família e recebe poucas visitas. O asilo é bem simples, uma instituição filantrópica mantida por doações e pela Policlínica SASE. um ambulatório popular, localizado também em Realengo, que dedica metade do valor arrecadado para o asilo.

Além do apoio financeiro, o abrigo conta com ações carinhosas de dedicados voluntários que buscam ampliar as parcerias para manter a dignidade e oferecer ainda mais conforto e amor para estes idosos.

Realengo fica na zona Oeste e é um dos pontos mais quentes do Rio. Neste verão, foi realizada uma campanha para arrecadação de ventiladores. O grupo se multiplicou e encontrou novos braços para arrecadar o necessário para que todos os cômodos tivessem ao menos um ventilador para amenizar o calor do lugar.

Em breve, nova campanha vai arrecadar agasalhos e cobertores. Afinal, onde faz muito calor, também faz muito frio. É um lugar de extremos onde todos são bem vindos. Num evento recente, os escoteiros do 11o grupo Siqueira Campos fez brincadeiras e dinâmicas com os idosos, que curtiram a interação e o lanche que foi servido pelos jovens na ocasião.

“Para o próximo, queremos levar cabeleireiro e manicure” afirma Jéssica, uma das voluntárias. Pedido atendido, Jéssica! A querida Zany, do Salão ZanyFashion, já se prontificou a ajudar. É só marcar a data!

Uma verdadeira corrente do bem se forma quando amamos uns aos outros. A Jéssica pediu ajuda ao Fabio, que falou com a Fabiana, que contou pra Sylvia, que chamou a Zany pro barco e ainda publicou essa matéria aqui.

E você, como pode ajudar? Amai-vos uns aos outros é um nome bem sugestivo! Venha conhecer. O lar está aberto para visitas diariamente, de 10h às 16h. O que você pode levar? Seu carinho, sua atenção, livros, flores, alimentos não perecíveis, fontes de proteínas (eles recebem mensalmente doação de frango, mas raramente tem acesso a outras carnes), fraldas, roupas, cobertores. Nota: as roupas que não servem para os idosos, são vendidas no bazar e o valor arrecadado volta para o asilo.

São muitas as oportunidades de demonstrar amor ao próximo. Se não for em Realengo, pode ser onde você estiver. Olhe ao seu redor.

Porque o amor é assim: paciente e bondoso, tudo sofre, tudo crê.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.